Archive for March 24th, 2009

Posted by failman at 24 March 2009

Category: sem categoria

Tags: , , , , , , , , , ,

mandei a mensagem abaixo para os seguintes emails, catados pela intarweb, dos responsáveis pela ‘organização’ do evento de domingo:

email.rio@brasil1.com.br (brasil1)
email.sp@brasil1.com.br (brasil1)
flavia@brasil1.com.br (brasil1)
Vanessa@brasil1.com.br (brasil1)
natalia@brasil1.com.br (brasil1)
financeiro@brasil1.com.br (brasil1)
luis@brasil1.com.br (brasil1)
s@scumeck.com (mct produções)
scumeck@harms-way.com (mct produções)
info@mct-agentur.com (mct produções)
planmusic@planmusic.com.br (plan music)
rizzo@planmusic.com.br (plan music)
lana@planmusic.com.br (plan music)
rgdguimaraes@hotmail.com (plan music)

assunto: organização incompetente destrói meus shows de suados R$ 200

o que aconteceu ontem não dá para deixar passar em branco. vocês arruinaram magistralmente a noite de milhares de pessoas que se dispuseram a ir pra um lugar ermo da cidade assistir a três shows, não sabendo o pesadelo que passariam tentando voltar.

vocês, organizadores do evento de domingo, não honram o dinheiro absurdo que cobram para participarmos desses eventos. pelo contrário, ignoram as necessidades do público a troco de embolsarem o máximo de dinheiro. dinheiro desonesto quando o alto preço cobrado não se traduz em condições apropriadas para o consumo do evento, seja pelo lugar distante do centro, seja pelo fedor durante todo trajeto até esse lugar, seja pelo preço extorsivo da água ou o som baixo. sem falar em infraestrutura, que é o mínimo.

ninguém aqui é inocente de acreditar que o transporte público estadual daria conta do escoamento das pessoas num domingo de madrugada e, por isso, uma organização decente e preocupada com seu público pagante iria previamente procurar outras opções, a começar pela convocação de taxistas para a região após o show (isso tudo acordado entre organização e companhias de táxi, que em são paulo não são poucas). não é possível colocar a culpa do poder público, pois deles só podemos esperar a inépcia, sempre.

no caso de vocês foi má fé mesmo. pois eu paguei r$ 200, nem meia eu paguei, já que a única banda que me faria aguentar tudo de novo o que já tive que passar em shows no brasil seria o radiohead. mas a experiência mais uma vez prova ser o melhor remédio para a teimosia ou, no meu caso, ingenuidade de acreditar que poderia ser diferente. o pré e o durante, não esperava menos, foi tudo a mesma merda de sempre, já comentadas acima. mas não, vocês preparam uma surpresa para me convencer, imutavelmente, de que nunca mais na minha vida enfrento esses shows feitos no brasil por incompetentes e calhordas como vocês.

foram horas e horas em pé, apertado, rodeado de consumidores de substâncias ilegais enfumaçando o ar sem qualquer coação por parte da segurança local, água caríssima etc, para ao final do show, com dores nas pernas e na cabeça, ter que esperar mais de meia hora pra conseguir sair de dentro da chácara. e, ao conseguir sair, descobri que não havia forma de voltar pra casa. foram mais de DUAS HORAS E MEIA até conseguirmos um táxi. absurdo. isso tudo tendo que acordar pra trabalhar algumas horas depois. cheguei em casa as três e meia da matina.

vocês não respeitam os que pagam inteira, depois colocam a culpa na meia pra cobrar esses preços superfaturados e conseguir manter as mansões e carrões dos donos da plan, brasil1 e mct.

pelo que me fizeram passar ontem, vocês são uns cornos filhosdaputa, desgraçados e malditos, comedores de merda, imbecis, canalhas e cretinos, dignos de receber até o final de suas vidas toda a escória humana, que vocês apregoam e perpetuam em todas as coisas que tocam, se envolvem e fazem. quando vocês beberem a taça daquele melhor vinho, daquele uísque mais caro, da bebida mais rara e aprazível, eu quero que vocês engasguem, percam o ar, fiquem um tempo lutando para desafogar os brônquios, e pensem ‘caraca, não devia ter feito aquilo com aquele maluco que mandou aquele email revoltado no dia seguinte, assim isso não teria me acontecido’.

just a fuck nunca mais!

para que saibam, amanhã vou enviar reclamações contra vocês aos contatos do radiohead, kraftwerk e los hermanos sugerindo para que nunca mais aceitem qualquer abordagem da planmusic, brasil1 e mct produções, pois serão automaticamente boicotadas por mim e meus amigos.

estou também contatando o multishow para que evite a todo o custo envolver seu nome e marca ao dar exposição para um evento organizado por vocês. a empresa na qual trabalho, que distribuiu ingressos para clientes e funcionários em parceria com vocês, também será informada sobre a péssima qualidade da organização do evento, para que nunca mais mande gente para os eventos de vocês como benefício, pois causam muito mais transtorno do que benefício. ou melhor: todo e qualquer benefício é automaticamente sobrepujado pela transtorno que vocês causam, a ponto de tudo não ter valido a pena. infelizmente.

a prefeitura receberá uma reclamação, e não por não ter feito o que já esperávamos (nada), mas para não dar mais alvará para novos eventos organizados por vocês.

vou repassar esse email para outros ofendidos pelo desrespeito de ontem, divulgar em blogs os emails aqui copiados e convocar todos para um boicote a plan, brasil1 e mct.

cansei.

caso achem este email ruim, parem e imaginem o que teriam lido se eu não tivesse dado um tempo para escrever, mas escrito no afã da raiva. o tom e os termos são reflexos condizentes ao modo como me trataram ontem. resolvi falar no mesmo nível, talvez vocês entendam um pouco do que passei.

também mandei um recado pro radiohead na rede social deles:

Dears,

The show in São Paulo was perfect, a performance that many of us waited for years. Thank you very much and come back again, please. And when you do, pay a visit and let’s enjoy some really rare Brazilian LP’s that I own.

Just one tip: do not sign other contracts with those organizers anymore. Planmusic, Brasil1 and MCT Produções treated us, the people who paid to enjoy the concert, like cattle going to a slaughterhouse. Unfortunately, we do have such problems in our country. People much more worried about profiting than about treating well the fans who pay to see the show of their lives.

e no message board oficial:

message board radiohead

não achei o contato do kraftwerk, mas para os hermanos eu dei um toque:

comentário no blog do bruno medina
(comentário não aprovado é comentário lido, né? na dúvida, comentei de novo, mas não sei se será aprovado)

mensagem pro rodrigo amarante via myspace

mensagem pro marcelo camelo via myspace

ao multishow:

multishow

por fim, a prefeitura também recebeu minhas reclamações:

caros da prefeitura, gostaria de pedir encarecidamente para que vocês, por favor, nunca mais deem alvará para as empresas que organizaram o show de domingo, 22/02, na chácara do jóquei. a planmusic, brasil1 e mct produções trataram o público pagante como gado num abatedouro. não garantiram as condições mínimas para aproveitarmos o evento de forma saudável, exigindo muita paciência, além de riscos. foi um grande pesadelo a volta: não havia ônibus nem táxis para isso. depois de muito transtorno, só depois de 2 horas consegui um táxi para voltar pra casa. absurdo.

outros revoltados com o acontecido (irei atualizar esta relação conforme for achando):

atualização:
resolvi contar o que aconteceu para o inri de almeida cristo, o ministério de almeida público de são paulo e o olavo de almeida de carvalho.