Posts Tagged ‘tv’

Posted by failman at 19 June 2008

Category: sem categoria

Tags: , , , ,

  1. http://www.bsnl.in
  2. http://www.cabletv.com.hk
  3. http://www.cbc.bb
  4. http://www.columbuscommunications.com
  5. http://www.ddindia.gov.in
  6. http://www.finetv.com.my
  7. http://www.glorystar.tv
  8. http://www.home2us.com
  9. http://www.mitv.com.my
  10. http://www.mydestiny.net
  11. http://www.novacyprus.com
  12. http://www.orbit.net
  13. http://www.ptv.com.pk
  14. http://www.skycable.com
  15. http://www.sunnetwork.in/index.htm
  16. http://www.telkomvision.com
  17. http://www.telmarccable.com
  18. http://www.tvnt.net


atualização
conheci só agora o único brasileiro que teria entrado na época da lista:

http://www.tvcidade.com.br

Posted by failman at 13 June 2008

Category: sem categoria

Tags: , , , , , ,

gaspareto incorpora calunga, seu mentor espiritual, que fala com sotaque caipira, diz ‘pregunta’, ‘cáquéum’, ‘experiens’ e ‘refreá’, e também atende telefonemas de telespectadores.

é incrível.

‘eu sou a prova viva de que a vida continua [depois da morte].’
- espírito de calunga, incorporado em gaspareto durante programa ‘encontro marcado’ da redetv

Posted by failman at 3 June 2008

Category: sem categoria

Tags: , , , , ,

pelamordi, que tosqueira máxima (MÁ-XI-MA) esses ‘efeitos’ ‘especiais’ da novela plágio de heroes no universal church channel aka record.

ninguém tem vergonha na cara de colocar isso no ar? o ataque de lobisomens é hilário de tão muito tosco. nível stop motion caseiro para youtube.

- vamu lê essa manual do áfiter eféquitis, rapazeada
- vamu lê essa manual do áfiter eféquitis, rapeize

Posted by fred at 30 January 2008

Category: sem categoria

Tags: , , , , , , ,

Pra lembrar que ela também manda benzaço.

Também fui vitimado pela greve dos roteiristas em Hollywood, e na mais absoluta falta do que assistir para suprir minha carência de seriados, fui parar numa comédiazinha romântica que é possivelmente um dos filmes mais toscos que eu assisti em 2007 (Ultravioleta não conta, aquilo não é cinema). O filme é esse no título do post, e não sei se tem tradução em português, ou sequer se foi/vai ser lançado por aqui.

Não importa, o filme é muito ruim e vocês não querem vê-lo.

Metade do elenco de The Office faz uma ponta, já que o protagonista é o John Krasinski – Jim. Jim continua no papel de The Office, com a diferença de uma clara evolução no objeto de afeição. Não que eu não ache a Pam gatinha, mas aqui o lance é com a Mandy Moore. Ruiva. E não, a Pam não aparece.

O filme é todo trampolim pro Robin Williams viver um padre quixotesco que sabe a receita para um casamento feliz. Precisa tomar um socão na cara (melhor momento do filme) pras coisas começarem a acontecer e o filme poder acabar logo.

Entre as peripécias do padre Williams consta um passeio de carro com a noiva vendada e o noivo dirigindo-a. Ele também instalou uma escuta no quarto do casal. E claro, ele tem um sidekick: um moleque gordinho supostamente “engraçadinho”. Não sei se é só uma repetição inconsciente dos males dos nossos tempos, mas hoje em dia eu não consigo assistir a um padre e uma criança num filme sem pensar no subtexto pedófilo.

Aliás, se o filme tem um grande mérito, é justamente deixar gritante alguns dos costumes mais idiotas que as religiões continuam propagando em pleno século XXI, como a capacidade de um “líder religioso” que faz voto de castidade em opinar sobre o relacionamento dos outros. Charlatanismo no nível de barraquinha de cigana lendo bola de cristal – cadê o Conselho de Psicologia pra intervir nessas horas?

Cotação:

Lixo