sobre

- Você conhece um torniquato?
- Não! O que é?
- Acabei de inventar. Então pode ser qualquer coisa. O que quisermos que seja!

Vislumbrei a palavra torniquato quando, empolgado, discursava sobre o ser ou não ser das coisas: que o nome que emprestamos para as coisas, ou mesmo os nossos nomes, são só um amontado de signos que na realidade inexistem e não fazem sentido, mas apenas no e para nosso cérebro.

E, por isso, torniquato continha a chance de ser qualquer coisa, bastava escolher.

Acho que torniquato é o estado de tudo aquilo que é como deve ser.

rafa spoladore

currículolast.fmfeedemail

Flamenguista, londrinense, vivo em alta entropia e trabalho há mais de dez anos com internet. Passei por UOL, Terra, TVA e Positivo, em áreas, times e projetos de Conteúdo, Produtos, E-commerce, Música, Marketing, TV/Multimídia, Links Patrocinados e Mídias Sociais. Prestei serviços para Drauzio Varella, LabOne, Arvato, entre outros. Entusiasta da humanidade, produzo em equipe, sou prestimoso e tenho espírito crítico.